Copyright © 2015 . Associação Brasileira de Iyengar Yoga . Todos os direitos reservados

Quinta, 14 Setembro 2017 15:01

MINUTA DE ALTERAÇÃO DE REGIMENTO INTERNO

São Paulo, 14 de setembro de 2017

Senhores Associados:

A Diretoria da ABIY, considerando o disposto na Constituição de Pune e nos artigos 3º e 27 de seus Estatutos, vem apresentar MINUTA DE ALTERAÇÃO DE REGIMENTO INTERNO a ser aprovada em Assembleia Geral Extraordinária designada para o dia 13 de outubro de 2017, às 16h:30, a se realizar no Centro de Iyengar Yoga São Paulo, sito na Rua São Gall nº 488, Lapa, São Paulo, para tanto abrindo CONSULTA PÚBLICA para receber sugestões de todos os associados para a elaboração de normas que, a par de respeitar a orientação e a vontade de B. K. S. Iyengar, espelhe também os anseios e a realidade brasileira no âmbito da ABIY. A minuta de alteração do regimento estabelece alterações nas diretrizes de organização, divisão democrática e otimização de rotinas, racionalização, gestão adequada dos custos operacionais e valorização dos professores e alunos de Iyengar Yoga.

A consulta pública ficará aberta até 30 de setembro de 2017 e as contribuições podem ser enviadas para o e-mail consulta@iyengar.com.br.

A presente Minuta de Alteração do Regimento Interno da ABIY vem dispor as seguintes alterações ao texto do Regimento Interno aprovado em 2014:

 

CAPÍTULO II

CONSELHO EXECUTIVO

Art. 4º Compõem o Conselho Executivo o Presidente, o Vice-Presidente, o Diretor- Tesoureiro, o Diretor Secretário e os Coordenadores dos Comitês de Ética (CE), Certificação (CC), Treinamento e Formação de Professores (CTFP), Eventos (CEv) e Comunicação (CCom) e mais os quatro Conselheiros Consultivos.

§ 1º: O Conselho Consultivo é composto por quatro consultores, todos designados pelo Presidente da ABIY dentre pessoas, associadas ou não, com experiência nas áreas de (1) planetjamento estratégico, (2) projetos sociais, (3) relações públicas e (4) consultoria jurídica.

§ 2º: Os membros dos Conselhos Executivo e Consultivo não serão remunerados pelo exercício dos cargos, embora possam ser reembolsados pelos gastos em que incorram em virtude do exercício de suas funções, mediante aprovação prévia dos gastos pelo Tesoureiro.

 

CAPÍTULO III

DOS COMITÊS PERMANENTES DA ABIY

Art. 7º São Comitês Permanentes da ABIY:

I. Comitê de Ética;

II. Comitê de Certificação;

III. Comitê de Fromação e Treinamento de Professores;

IV. Comitê de Eventos;

V. Comitê de Comunicação.

Art. 9º Uma vez eleitos empossados, os membros dos Comitês Permanentes nomearão seus Coordenadores, que serão designados dentre os membros eleitos dos próprios Comitês, preferencialmente, o de certificação mais alta.

Parágrafo único. Os Coordenadores dos Comitês de Ética (CE), Certificação (CC) e de Formação e Treinamento de Professores (CFTP) serão membros do Conselho Executivo. (Revogado pela alteração datada de 19/8/2017).

Art. 10 Não se pode ser membro de mais de um Comitê Permanente da ABIY, simultaneamente, ressalvada a participação nos Conselhos Consultivo e Executivo, prevista no artigo antecedente.

Art. 16 (...)

§2º Em caso de proposta normativa ou de alteração das regras vigentes nos Estatutos, Regimento, Manuais e afins que verse sobre matéria que não necessite ser levada a Assembleia Geral Extraordinária, para efeito de validade da decisão, esta deverá ser tornada pública para todos os associados, no máximo 30 dias após a sua expedição, a fim de que possam tomar ciência e adequar-se à nova regra;

Art. 17 Os membros dos Conselhos Executivo e Consultivo e dos Comitês não serão remunerados pelo exercício dos cargos, embora possam ser reembolsados pelos gastos em que incorram em virtude do exercício de suas funções, mediante aprovação prévia dos gastos pelo Tesoureiro.

Art. 19. (...)

§ 2º Um professor, associado em dia com suas obrigações, com titulação mínima de Introdutório II;

(...)

Parágrafo único: O Comitê de Ética será formado, no mínimo, por 3 membros, devendo seus componentes ser:

§ 1º Um professor, associado em dia com suas obrigações, com titulação mínima de Junior II, que tenha estudado em R.I.M.Y.I ao menos duas vezes, sendo a última no máximo há três anos;

§ 2º Um professor, associado em dia com suas obrigações, com titulação mínima de Introdutório II;

Art. 24 A composição ideal do Comitê de Certificação é de 5 professores associados que portem um certificado válido de Iyengar Yoga no nível Senior I, no mínimo, que tenham participado da Banca de Certificação na qualidade de Examinador ou de Examinador em treinamento por duas vezes.

 

DO COMITÊ DE COMUNICAÇÃO

Art. 29 Ao Comitê de Comunicação (CCom) caberá:

I. Produzir no mínimo 2 revistas por ano, que cnostituirão a revista oficial da Associação, para distribuição a todos os associados e também ao Presidente da ABIY. As revistas poderão ser disponibilizadas para a venda para não associados, a critério do Conselho Executivo;

II. Propagar os benefícios do método Iyengar Yoga ao público em geral, imprensa e outros meios de divulgação;

III. Contatar outras associações;

IV. Projetar quaisquer outros folhetos, brochuras, circulares e assemelhadas, conforme requerido pelo Conselho Executivo;

V. Manter a página da ABIY na internet;

VI. Manter a página da ABIY no Facebook, Instagram e outras mídias sociais, conforme deliberado pelo Conselho Executivo;

VII. Coordenar e elaborar ttraduções de textos referentes a Iyengar Yoga;

VIII. Trabalhar em conjunto com a Diretoria nas práticas de Relações Públicas;

IX. Assegurar que qualquer artigo, correspondência, publicação, etc da ABIY não abale a finalidade e os objetivos da associação.

Art. 30. O Comitê de Comunicação será composto idealmente por 10 membros, sendo no mínimo 5 associados.

§1º A composição mínima do Comitê de Comunicação é de 5 associados.

§2º No caso de não ser possível compor o Comitê de Comunicação com base no critério estabelecido neste artigo (ideal ou mínimo) adotar-se- á critério alternativo proposto pelo Conselho Executivo para o período de transição, incluindo a nomeação como forma de implementação do funcionamento do comitê, que deverá ser ratificado pela AGE.

 

CAPÍTULO IV

DOS DEMAIS COMITÊS

 

DO COMITÊ ELEITORAL

Art. 31 (...)

II. tornar pública, no site da ABIY, 10 dias antes da data da eleição, a lista dos candidatos aos diversos cargos;

IV. organizar a votação por correio ou por meio eletrônico;

V. efetuar a coleta e contagem dos votos por correio ou por meio eletrônico, computando-os em uma súmula contendo os nomes dos associados votantes e somando os votos válidos a fim de apresentar à AGE para conferência, se requerido;

Art. 32 O Comitê Eleitoral será composto idealmente por 3 associados, em dia com suas obrigações, todos designados pelo Conselho Executivo, que deverá nomear, dentre os componentes, o Coordenador do Comitê Eleitoral.

Parágrafo único. No caso de não ser possível compor o Comitê Eleitoral com base no critério estabelecido neste artigo (ideal ou mínimo) adotar-se- á critério alternativo proposto pelo Conselho Executivo para o período de transição, que deverá ser ratificado pela AGE.

São Paulo, 14 de setembro de 2017.

Senhores Associados:

A Diretoria da ABIY, considerando o disposto na Constituição de Pune e nos artigos 3º e 27 de seus Estatutos, vem apresentar MINUTA DE ALTERAÇÃO DOS ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA – ABIY, a ser aprovada em Assembleia Geral Extraordinária designada para o dia 13 de outubro de 2017, às 16h:30, a se realizar no Centro de Iyengar Yoga São Paulo, sito na Rua São Gall nº 488, Lapa, São Paulo, para tanto abrindo CONSULTA PÚBLICA para receber sugestões de todos os associados para a elaboração de normas que, a par de respeitar a orientação e a vontade de B. K. S. Iyengar, espelhe também os anseios e a realidade brasileira no âmbito da ABIY.

A consulta pública ficará aberta até 30 de setembro de 2017 e as contribuições podem ser enviadas para o e-mail consulta@iyengar.com.br

A presente Minuta de Alteração do Estatuto da ABIY vem dispor as seguintes alterações, ressaltadas em negrito:

CAPÍTULO V

DA ASSEMBLEIA GERAL

(...)

Artigo 21º As Assembleias Gerais se instalarão, em primeira convocação, com 2/3 (dois terços) dos associados em dia com as despesas de manutenção da Associação. Em segunda convocação, a ser realizada 30 (trinta) minutos após a primeira convocação, com metade mais um dos associados em dia com as despesas de manutenção da Associação e, em terceira e última convocação, 30 (trinta) minutos após a segunda convocação, com qualquer número de associados presentes, em dia com as despesas de manutenção da Associação.

Parágrafo Único Para as deliberações a que se referem os itens (i) e (ii) do artigo 20 do presente Estatuto, é exigido o voto de 2/3 (dois terços) dos presentes à assembleia especialmente convocada para esse fim, não podendo a mesma deliberar em primeira convocação, sem a maioria absoluta dos associados presentes, ou com menos de 1/3 (um terço) nas convocações seguintes.

Artigo 22º A convocação de qualquer Assembleia Geral será realizada mediante comunicação individual a cada um dos associados, por meio de carta convocatória enviada, via correio eletrônico, aos respectivos endereços eletrônicos dos associados, a qual deverá especificar, de forma clara e precisa:

(i) Dia, mês, ano e hora da primeira, segunda e terceira convocação;

(ii) Endereço completo do local que se realizará a Assembleia Geral,

(iii) A ordem do dia.

(...)

Artigo 24º Os presentes à Assembleia Geral deverão provar sua qualidade de associados, bem como assinar o Livro de Presença.

(...)

Artigo 40º O direito ao voto é pessoal, individual e intransferível, não podendo ser inclusive exercido por procuradores, mas, entretanto, poderá ser exercido, via correio, na hipótese da Associação vir a implementar este sistema de votação.

Proposta de alteração: tendo em vista o fato da ABIY reunir associados com domicílios espalhados em todo o Brasil, o alto custo da locomoção dos associados em um país de dimensões continentais até o local de realização física das assembleias, a necessidade de possibilitar a participação de todos os associados nas decisões que lhes afetam e também de adimplir o quórum mínimo estabelecido para a realização e validade das decisões das assembleias, aliado à realidade do alcance da tecnologia que possibilita a participação e manifestação de voto por meio eletrônico, propõe-se alterar o texto dos arts. 21, 22, 24 e 40 nos seguintes termos (alterações em negrito):

Artigo 21º As Assembleias Gerais se instalarão, em primeira convocação, com 2/3 (dois terços) dos associados em dia com as despesas de manutenção da Associação. Em segunda convocação, a ser realizada 10 (dez) minutos após a primeira convocação, com metade mais um dos associados em dia com as despesas de manutenção da Associação e, em terceira e última convocação, 10 (dez) minutos após a segunda convocação, com qualquer número de associados presentes, em dia com as despesas de manutenção da Associação.

Parágrafo primeiro: As deliberações nas Assembleias Gerais serão tomadas por maioria, independente de quórum mínimo para instalação, admitido o voto escrito e antecipado encaminhado por meio eletrônico ou físico, bem como a votação por sistema eletrônico, com prazo para coleta de votos definido no Edital de convocação. No caso de voto presencial será permitida a Representação do associado titular por mandato conferido a outro associado, que deverá apresentar a procuração por instrumento particular para comprovar o mandato que lhe foi outorgado.

Parágrafo segundo: Para efeito de instalação e formação de quórum, dar-se- á publicidade ao número de manifestações a que se refere o parágrafo primeiro, com o anúncio dos associados que, impedidos de se fazerem presentes, manifestaram-se previamente por correio ou meio eletrônico.

Parágrafo terceiro: Para as deliberações a que se referem os itens (i) e (ii) do artigo 20 do presente Estatuto, é exigido o voto de 2/3 (dois terços) dos presentes à assembleia especialmente convocada para esse fim, não podendo a mesma deliberar em primeira convocação, sem a maioria absoluta dos associados presentes, ou com menos de 1/3 (um terço) nas convocações seguintes. Computam- se para efeitos de quórum de instalação e votação as manifestações previamente colhidas dos associados por correio ou meio eletrônico.

Parágrafo quarto: A cada tema pautado, após a deliberação dos presentes, será esclarecido de que modo os associados ausentes opinaram ou votaram, conforme o caso, apresentando-se aos presentes para conferência, se requerida, a súmula do resultado das manifestações, bem como a lista de associados que tiveram suas manifestações acolhidas em um sentido ou em outro.

Parágrafo quinto: É permitida a outorga de procuração por instrumento particular com o fim específico de se fazer representar em Assembleias Gerais, devendo ser computado o voto do outorgante conforme anunciado pelo outorgado. A manifestação por meio de procuração também é computada para efeitos de formação de quórum de instalação, realização e votação nas assembleias gerais.

Artigo 22º A convocação de qualquer Assembleia Geral será realizada mediante comunicação individual a cada um dos associados, por meio de carta convocatória enviada, via correio eletrônico, aos respectivos endereços eletrônicos dos associados, a qual deverá especificar, de forma clara e precisa:

(i) Dia, mês, ano e hora da primeira, segunda e terceira convocação;

(ii) Endereço completo do local que se realizará a Assembleia Geral;

(iii) Endereço eletrônico para o qual deverão ser enviados os votos e manifestações atinentes à pauta da Assembleia Geral;

(iv) Endereço completo do local para o qual deverão ser enviados por correio os votos e manifestações atinentes à pauta da Assembleia Geral;

(v) A ordem do dia.

Artigo 24º Os presentes à Assembleia Geral deverão provar sua qualidade de associados, bem como assinar o Livro de Presença. Os associados impedidos por qualquer motivo de se fazerem presentes à Assembleia Geral, terão sua qualidade de associados verificada pelo Diretor Tesoureiro, que será consultado pelo Comitê Eleitoral no caso de eleições, a fim de garantir a qualidade de associado do votante.

Artigo 40º O direito ao voto é pessoal, individual e intransferível, podendo ser exercido por procurador detentor de procuração por instrumento particular com firma reconhecida, via correio ou por meio eletrônico, na hipótese da Associação implementar este sistema de votação.

Capítulo VI

Da Diretoria

Artigo 26º A Diretoria será composta por 01(um) Presidente, 01 (um) Diretor Secretário, 01 (um) Diretor Tesoureiro e 03 (três) Diretores Suplentes, eleitos em Assembleia Geral Extraordinária, por um período de 02 (dois) anos, sendo possível a reeleição de quaisquer dos membros da Diretoria por períodos consecutivos de 2 (dois) anos.

Parágrafo Primeiro: Fica facultada também a recomposição da chapa da Diretoria, com a retirada de um ou mais Diretores, a manutenção de outros e a indicação de novos candidatos a Diretores para concorrer às eleições. Parágrafo Segundo: Os membros da Diretoria não terão direito a qualquer remuneração pelos trabalhos prestados à Associação.

Proposta de alteração: tendo em vista a ausência de previsão de renúncia e afastamento definitivo por qualquer razão dos ocupantes dos cargos da Diretoria, a dificuldade e o custo de se realizarem novas eleições nestas hipóteses, bem como a impossibilidade de a ABIY ter a sua representação desfalcada, propõe-se alterar o texto dos art. 26, nos seguintes termos (alterações em negrito):

Artigo 26º A Diretoria, que será eleita em Assembleia Geral Extraordinária, por um período de 02 (dois) anos, sendo possível a reeleição de quaisquer dos membros da Diretoria por períodos consecutivos de 2 (dois) anos, será composta hierarquicamente por:

a) Presidente;

b) Vice-Presidente;

c) Diretor-Secretário;

d) Diretor-Tesoureiro;

e) Vice-Diretor Secretário;

f) Vice-Diretor Tesoureiro.

Parágrafo Primeiro: Na vacância, temporária ou definitiva, do cargo de Presidente, Diretor-Secretário ou Diretor-Tesoureiro, caberá a substituição, respectivamente, ao Vice-Presidente, ao Vice-Diretor Secretário e ao Vice-Diretor Tesoureiro.

Parágrafo Segundo: Na vacância, temporária ou definitiva, dos cargos de Presidente e Vice-Presidente, caberá a substituição do Presidente pelo Diretor- Secretário, assumindo o cargo de Diretor-Secretário o Vice-Diretor Secretário, permanecendo vacante o cargo de Vice-Presidente. Nesta hipótese, em caso de ausência temporária do Presidente, caberá ao Diretor-Secretário substituí-lo, acumulando as funções de Presidente e Diretor-Secretário.

Parágrafo Terceiro: No caso de afastamento definitivo por impedimento, renúncia ou qualquer outro motivo, a substituição dar-se- á até o final do mandato do substituído, mantendo-se incindível a composição da chapa vencedora das eleições.

Parágrafo Quarto: Na hipótese de renúncia coletiva de todos os titulares da chapa eleita, estes deverão convocar nova eleição para o preenchimento dos cargos da Diretoria, devendo permanecer em seus cargos até que a eleição seja efetuada e a nova Diretoria seja empossada, assumindo a representação e condução da ABIY.

Parágrafo Quinto: Os membros da Diretoria não terão direito a qualquer remuneração pelos trabalhos prestados à Associação, embora possam ser reembolsados pelos gastos em que incorram em virtude do exercício de suas funções, mediante aprovação prévia dos gastos pelo Tesoureiro.

Proposta de alteração: tendo em vista a alteração do texto do art. 26, fazem-se as seguintes alterações nos arts. 29 e 30 (alterações em negrito):

Artigo 29º Compete ao Vice-Presidente

(i) Participar do planejamento e execução das atividades da Associação, dividindo ou auxiliando o Presidente em suas atribuições;

(ii) Coordenar a implantação e manutenção das atividades da Associação;

(iii) Organizar eventos de cunho social ou comunitário;

(iv) Coordenar as ações referentes às Relações Públicas, Comunicação e Marketing da ABIY.

Artigo 30º Compete ao Diretor Secretário

(i) - superintender a secretaria, colaborando com o Presidente na administração do pessoal, na redação e expedição de correspondências, na guarda e organização dos documentos da ABIY e nos demais assuntos administrativos;

(ii) - secretariar as reuniões da Diretoria, controlando a lavratura das respectivas atas e a atualização do Livro de Atas da Diretoria;

(iii) - colaborar na elaboração do relatório anual e do relatório geral, ao fim do mandato.

Artigo 31º Compete ao Diretor-Tesoureiro:

(i) Responder por todo o trabalho da Tesouraria;

(ii) Manter sob sua responsabilidade todos os valores e bens da entidade;

(iii) Assinar os recibos relativos à cobrança de mensalidades, subvenções, doações e legados;

(iv) Apresentar, mensalmente, à Diretoria, o Balancete Mensal de receitas e despesas;

(v) Depositar em estabelecimento bancário, escolhido em sessão da Diretoria, toda a receita da Associação, não sendo permitido ter em caixa importância superior à 10 (dez) salários mínimos para o atendimento das despesas de mero expediente;

(vi) Efetuar todos os pagamentos da Associação;

(vii) Assinar juntamente com o Presidente todas as operações bancárias.

Proposta de alteração: tendo em vista a alteração do texto do art. 26, revoga-se o art. 31:

Artigo 31º Compete aos Diretores Suplentes:

(i) Substituir o Diretor Secretário ou o Diretor Tesoureiro em seus eventuais impedimentos;

(ii) Participar do planejamento e execução das atividades da Associação;

(iii) Coordenar a implantação e manutenção das atividades da Associação; e

(iv) Organizar eventos de cunho social ou comunitário. (Revogado por força da alteração estatutária datada de 13/10/2017).

EDITAL DE SEGUNDA CONVOCAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA

DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA – ABIY 2017

A Associação Brasileira de Iyengar Yoga vem tornar público EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL – para o BIÊNIO 2017/2019. A Diretora Secretária interinamente no exercício do cargo de Presidente da ABIY Ana Silvia Capuzzo Stocche, no uso das atribuições estatutárias contidas no art. 29, (iii) CONVOCA toda a comunidade de associados para participar da eleição que definirá a Diretoria Executiva, composta dos cargos de Presidente, Vice-Presidente, Diretor Secretário, Diretor Tesoureiro, Vice Diretor Secretário, Vice Diretor Tesoureiro e ainda, do Conselho Fiscal.

A fim de tornar o processo eleitoral o mais representativo possível e, inclusive, formar o quórum mínimo exigido pelo art. 21, parágrafo único do Estatuto, o processo eleitoral ocorrerá de duas formas:

  1. Por votação por envio da cédula de votação por e-mail ao Comitê Eleitoral (eleitoral@iyengar.com.br) no período de 10 a 12 de outubro de 2017;
  2. Presencialmente na AGE que se realizará no dia no dia 13 de agosto de 2017, na Rua São Gall, n. 488, Vila Ipojuca, Estado de São Paulo, no Centro de Iyengar Yoga São Paulo, Estado de São Paulo, designada para 16:30h em 1ª Convocação, 17:00h em 2ª Convocação e 17:30h em 3ª Convocação.

 

Para votar o associado/ socio apoiador precisará estar em dia com as contribuições até 30 de setembro de 2017. Aqueles que votarem por meio do envio da cédula de votação por e-mail, deverão indicar seu nome e CPF.

Todos aqueles que quiserem concorrer aos cargos que compõem a Diretoria Executiva poderão inscrever suas chapas até às 23h:59m do dia 30 de setembro de 2017, através de envio de e-mail para eleitoral@iyengar.com.br.

As chapas para diretoria devem ser constituídas:

  • 1 (um) Presidente;
  • 1 (um) Vice-Presidente;
  • 1 (um) Diretor Secretário;
  • 1 (um) Diretor Tesoureiro;
  • 1 (um) Vice Diretor Secretário;
  • 1 (um) Vice Diretor Tesoureiro;
  • 3 (três) Conselheiros Fiscais.

Todos os membros da chapa devem ser associados da Associação e estar em dia com os pagamentos das mensalidades da Associação (quitadas até 30 de setembro de 2017).

 

No dia 1° de outubro de 2017 serão tornadas públicas as chapas concorrentes à eleição dos cargos da Diretoria da Associação no site www.iyengar.com.br e também por envio de e-mail a cada associado, com a cédula de votação em anexo.

VOTE! Sua participação é importante no processo de crescimento da ABIY.  A ABIY é a sua representante.

 

São Paulo, 14 de setembro de 2017.

____________________________________________________

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRADORDINÁRIA

Convidamos todos os associados da Associação Brasileira de Iyengar Yoga a comparecerem à ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA, que será realizada no dia 13 outubro de 2017, na Rua São Gall, n. 488, Vila Ipojuca, Estado de São Paulo, no Centro de Iyengar Yoga São Paulo, às 16:30 horas, em 1ª. Convocação, cuja Ordem do dia a ser tratada será a seguinte:

  1. Aprovação de alteração dos Estatutos (anexo);
  2. Aprovação de alteração do Regimento Interno (anexo);
  3. Eleições para composição da Diretoria e Conselho Fiscal para exercício no biênio 2017/2019;
  4. Eleições para composição do Comitê de Comunicação para exercício no triênio 2017/2020;
  5. Aprovação de recomposição da composição mínima do Comitê de Ética com exercício para o triênio que se findará em abril/2018;
  6. Aprovação de recomposição da composição mínima do Comitê de Eventos com exercício para o triênio que se findará em abril/2018;
  7. Outros assuntos de interesse dos associados.

Só poderão votar os associados e sócios apoiadores que estiverem em dia com os pagamentos das mensalidades da Associação (quitadas até 30/setembro/2017).

 

São Paulo, 14 de setembro de 2017.

________________________________________________________________

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA

Caros Associados,

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA (ABIY), aqui representada pela sua Diretora-Secretária interinamente no exercício do cargo de Presidente, vem aqui atualizá-los quanto ao andamento do processo eleitoral para a sucessão de sua diretoria.

No intuito de nos tornarmos o ponto de encontro de todos em torno deste interesse comum que é o Iyengar yoga, esta diretoria tem procurado se aproximar dos associados, e tem encontrado um forte movimento que deseja conduzir a ABIY a um novo patamar. Estamos assim buscando unir pessoas dispostas a trabalhar pelo bem coletivo, analisando o panorama atual, e desenhando um projeto que nos direcione ao longo do próximo biênio.

Temos trabalhado bastante, mas ainda não foi possível fecharmos um grupo de trabalho que preencha todos os cargos que se fazem necessários para a condução de nossa Associação neste momento tão importante, quando temos tantos projetos a realizar. Também não houve tempo hábil para desenharmos as alterações necessárias em nosso estatuto e regimento interno, e entendemos ser oportuno adiar a assembleia para que possamos avançar com os principais tópicos da pauta de convocação.

Desta maneira fica cancelada a convocação para a ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA que se realizaria em 19 de agosto de 2017 às 16:30 no Centro de Iyengar Yoga São Paulo.

Agradecemos o empenho de quem tem se dedicado em prol do Iyengar yoga no Brasil, e também gostaríamos muito de contar com a participação de vocês neste momento decisivo. Sua presença, opinião e força de trabalho são muito importantes, a ABIY é e será sempre o reflexo dos esforços de todos os seus associados.

Contamos com todos para garantir que a ABIY amanhã estará em um lugar muito melhor que o de hoje.

Venha trabalhar conosco, ou participe com suas ideias e sugestões nos enviando um email para info@iyengar.com.br

Em breve divulgaremos a data de nossa Assembleia, onde esperaremos ver todos vocês.

Juntos vamos muito mais longe!

Associação Brasileira Iyengar Yoga

Silvia Stocche

Hoje (21/06) é o primeiro Dia Internacional do Yoga. Não havia antes um dia do yoga, mas cerca de 5 anos atrás Guruji se perguntou o por quê disso já que este é um tema tão caro a nós. As pessoas não imaginam o quanto este tema está nos nossos corações. Mas de alguma forma nosso Primeiro Ministro acolheu a ideia e hoje estamos celebrando o Dia Internacional do Yoga.

Para quem pratica yoga não há um dia especial do yoga. Todos os dias deveriam ser dias do yoga. Todos conhecem seus benefícios. No seu primeiro livro, "Luz sobre o Yoga", Guruji escreveu sobre os efeitos específicos de cada asana em vez de fazer uma declaração geral sobre como o yoga faz bem à saúde.

Todos sabem que yoga é bom para a saúde, tanto física quanto para a saúde mental, porém, o conceito de saúde de Guruji não para aqui. Ele diz que é claro que há a saúde física e a saúde mental; a mente deve estar limpa, pura, bem direcionada. Mas além disso há algo como saúde moral, saúde intelectual, saúde espiritual, saúde da consciência que deve ser clara, sendo assim uma saúde consciente.

Guruji diz que mesmo a consciência do eu (ahamkara) deve ser saudável. Devemos evitar o ahamkara, mas, este ahamkara que é o ego, não é algo que inicialmente devemos simplesmente deixar de lado. Ele é um instrumento que nos ajuda a obter algo. O ego é muito ardiloso. Quando é permitido que o ego se mostre exteriormente, exibindo que a pessoa é ótima, rica, que fez isto e aquilo, isso adquire um outro significado, dizemos que a pessoa é egoísta. "Oh, eu faço yoga todos os dias!". Isto é o ego. Porém para o ahamkara - a consciência do eu - isso é algo que pode ir além, um passo na direção do que podemos aperfeiçoar tanto no âmbito da saúde moral, física, ou fisiológica.

Fico feliz quando as pessoas vêm para serem admitidas no Instituto a cada início de ano, temos uma grande fila pela manhã. Iniciar a prática de yoga é importante, mas a continuidade é mais importante.

Deveríamos ter tal apreço ao yoga que não abriríamos mão por nada. Esta é a primeira mensagem a todos vocês, não desistam! É um caminho duro, não se afobem!

    Iniciar a prática do yoga é importante
    mas, a continuidade é mais importante.

As pessoas perguntam qual a razão de não se ensinar pranayama aos iniciantes; ou, os professores que ensinam nas aulas de iniciantes perguntam, por que não se ensina pranayama nesta aula? Há uma mensagem definitiva de Patanjali que diz, quando se estiver bem estabelecido na prática de asana, só então comece a praticar pranayama. O que é esse "estabelecimento"? Sthira sukham asanam não é estabelecimento. Isso tem um significado profundo. Você pode estar sentado de forma sthira assim como sukha agora mesmo. Pode-se fazer ajustes para ficar mais confortável mas deve-se estar estabelecido na prática. Isso é sthira sukham asanam. Mesmo se estiver em savasana e o professor prolongar esse savasana por meia hora você deveria ser capaz de permanecer em savasana e não ficar abrindo os olhos para ver o que está acontecendo ao seu redor. Mesmo se houver ruído, não deveria perturbar ou distrair, isso é savasana.

Assim, Guruji entendia que deve-se aprender determinados asana-s como posturas em pé, flexões, algumas torções e algumas extensões para que o peito se abra. Ele era muito minucioso com isso. Suas ideias eram bem claras. A coluna deve estar ereta, o peito deve estar aberto, o abdome não deve estar estufado, seu intestino limpo. Ele desenvolveu esta prática na qual primeiro deveria ser feito posturas em pé para corrigir o movimento do corpo; já o funcionamento dos intestinos melhora com a ação de parivrtta; ele também vislumbrou que sirsasana e sarvangasana devem ser feitas para que o o sangue circule de maneira apropriada.

Durante o aprendizado, ensina-se primeiro Setu Bandha Sarvangasana, então Halasana, Sarvangasana e finalmente Sirsasana. Já a sequência da prática é Sirasana, Sarvangasa, Halasana, Setu Bandha Sarvangasana que praticamos todos os dias. Na verdade, aqueles que querem ficar bons nisso devem separar sua prática de invertidas do resto da prática.

Eu os saúdo hoje. Lembrem-se do que disse sobre o fator do ego. Quando você pratica sozinho em casa, não há ninguém para incentivá-lo ou para apreciar o que você faz. Talvez haja uma oposição como o marido que pode dizer à esposa "por que você quer se levantar tão cedo pela manhã para fazer yoga?". Ou a esposa que diz que o marido não tem o que fazer, que ele vai para seu quarto, fecha a porta e pratica yoga sozinho. Este tipo de reclamação volta e meia aparece entre maridos e esposas. Isso não deveria acontecer.

O que Guruji diz é que a força de vontade deveria ser forte. A força de vontade faz parte da Consciência do Eu que normalmente em Sânscrito é chamado de ahamkara, ahamta, asmita. Há certas coisas que você quer fazer para seu próprio bem. Ninguém pode fazer yoga por você. Você deve praticar yoga por você mesmo. Isso é o que eu espero daqueles que estão aqui hoje.

         Ninguém pode fazer yoga por você. 
         Você deve praticar yoga por você mesmo.

Você deve ter aquela sensação de que praticará regularmente. Isso deve vir com sua própria força de vontade. Alguns praticam posturas em pé, outros, flexões a frente e, quando vejo suas posturas e digo que eles devem praticar mais, eles não entendem. Por exemplo, o professor se esforça para colocá-lo em sirsasana, luta para colocar você numa extensão, se esforça em cada asana para ajudá-lo para que assim você avance. Então você deve trabalhar nestas posturas por si mesmo em casa.

Não limite-se ao tempo. Dizemos, tenho só 45 minutos, então vou praticar por 45 minutos. Não é verdade que temos só 40 ou 45 minutos. Se nos perguntarmos honestamente sabemos que não é verdade. Desperdiçamos nosso tempo em tantas outras coisas e essa é a razão de uma prática prolongada não ser possível. Não estou dizendo que que você deve prolongar a prática por três ou quatro horas como Guruji fazia, mas, para aqueles de vocês que estão aposentados, que têm muito tempo livre, podem certamente fazer isso. Aqueles que têm trabalho, responsabilidades em relação à família, poderiam definitivamente encontrar tempo para uma prática pessoal de uma hora ou uma hora e meia. Não desperdice tempo em outras coisas e faça yoga.

              Coloque esforço naqueles asana-s que 
                   você não consegue fazer

Coloque esforço naqueles asana-s que você não consegue fazer. Padmasana pode ser difícil mas, pelo menos tente dobrar uma perna de cada vez duas ou três vezes. Gradualmente vai entender porque aquele joelho não está funcionando, porque aquela canela não está funcionando, porque aquela coxa não está funcionando. Quando toda essa penetração vier a você, então torna-se Iyengar yoga.

Ele [BKS Iyengar] pensou muito sobre isso. Não é que ele nasceu sabendo tudo. Ele não nasceu com essa arte, ele colocou muito esforço em cada asana para que fosse aperfeiçoado.

Quando se pratica todos os dias, a mente penetra e a mente que quer se envolver em outras coisas se moverá para longe.

Você mesmo dirá, "permita-me não fazer estas coisas que não são essenciais além do meu trabalho profissional". De outra forma os profissionais também perderão tempo. Você vai à algum lugar, pode ser um banco ou hospital e pedem que se sente. Muitas vezes nos fazem esperar por horas a fio e depois descobrimos que os médicos não chegaram, ou no banco, que os responsáveis não chegaram. Assim, quanto tempo é perdido? Devemos praticar de tal forma que não desperdicemos tempo.

Então, de hoje, simplesmente lembrem-se que sua prática pessoal é importante. O que quer que tenha aprendido hoje na aula, pratique amanhã para perceber o que você aprendeu.

Guruji trouxe filosofia em sua abordagem prática. Ele não começou dando uma palestra sobre o que é yoga e quem foi Patanjali. Ele não disse como o yoga surgiu. Hoje em dia fazer discursos e palestras se tornou mais fácil já que somos ensinados desde o tempo da escola.

                        Guruji trouxe filosofia em sua abordagem prática. 
                Ele não começou dando uma palestra sobre o que é yoga 
                                      e quem foi Patanjali.

No entanto, ter uma visão filosófica enquanto pratica é o mais importante. Ele costumava dizer, quando está fazendo algo, olhe para dentro de si, vá para dentro de si. Observe se o que está fazendo está correto. Compare se está fazendo aquilo que o professor ensinou. Não deveria haver diferença e você chegaria à conclusão de fez tudo que foi ensinado. Assim o caminho se abrirá ainda mais para você. Até que isso aconteça o caminho não estará aberto. Por esse motivo os iniciantes levarão pelo menos dois anos para se estabelecerem nessa prática.

Savasana deveria vir bem. Não se preocupe se no início você entra num estado sonolento em savasana. Entenda esse sono em savasana. Seu corpo pode ter relaxado mais nessa posição do que durante a noite na cama dormindo por 6 ou 8 horas. Não conseguimos um bom descanso somente por dormir mais tempo. Savasana é importante para obter esse frescor; relaxar cada parte do corpo é importante e então prosseguir com pranayama. Comece com pranayama na posição deitada e depois na posição sentada. Então aprenda como fazer pranayama sentado sem usar os dedos tampando as narinas. Depois aprenda como fazer pranayama posicionando os dedos nas narinas. Há uma razão para a forma com que os dedos são posicionados nas narinas. Você deve até ter se perguntado afinal qual a importância disso. Por que eles devem ser colocados de forma tão particular? Nós fechamos somente uma narina e respiramos pela outra, então fechamos esta narina que foi usada e abrimos a primera. Isso não é o método. As pontas dos dedos no nariz trabalham para guiá-lo a encontrar qual área deve ser aberta para que o prana e a energia prânica entrem através da respiração e enriqueça esta área; esse é o motivo pelo qual você sente que a respiração melhora. Caso contrário, apesar de você estar o tempo todo respirando, isso não é pranayama.

Quando você dá forma a sua inspiração e expiração através do peito, através do abdome, através do cérebro e através das narinas isso sim é pranayama. Que não haja mais confusão em sua mente.

          Em um ano você não saberá o que é Iyengar yoga.
                      Esqueça a yoga dele.
          Mesmo Iyengar não será conhecido nesse período.

Não venha a um aula de Iyengar yoga somente para saber o que é Iyengar yoga. Em um ano você não saberá o que é Iyengar yoga. Esqueça a yoga dele. Mesmo Iyengar não será conhecido nesse período. Um ano não é suficiente. Leia todos seus livros e então saberá quais experimentos ele fez, como ele pensou o yoga, como ele jogou luz em cada aspecto do yoga.

Tenha isso em mente, tenha esse respeito em sua mente, agradeça ao Sábio Patanjali que nos presenteou com um professor desse nível. Quando falo sobre Guruji não falo sobre a relação de pai e filha. Ele nunca ensinou nada a sua filha. Guruji me ensinou enquanto era sua sishya. Se eu o buscava como filha ele não me ensinava como um pai. Quando eu ia humildemente até ele dizendo, isso eu não entendi, ele então sabia que era a sishya em mim. Havia uma estudante ainda viva perguntando algo e ele me respondia. Este é o motivo pelo qual todos nós como estudantes, pupilos de Guruji devemos respeitar isso e prosseguir para que sua mensagem seja transmitida à próxima geração, já que não o conhecerá. Eles não saberão quem foi Iyengar, o que foi seu yoga, como era seu ensinamento. Isso é o que devemos trazer a uma tal extensão que a reflexão de Iyengar será percebida no processo de ensino e no processo do agir.

Por favor entendam e lembrem-se disso.

Eu agradeço a todos por sentarem-se e me ouvirem .

Muito obrigada.

Sábado, 04 Junho 2016 13:03

Convenção 2016

Gratidão profunda a Faeq, Corine e Jordi!

Agradecemos a todos os voluntários que trabalharam no evento e a todos os participantes que abrilhantaram as aulas magníficas.